"Enquanto não conseguirmos suprimir qualquer uma das causas do desespero humano, não teremos o direito de tentar a supressão dos meios pelos quais o homem tenta se livrar do desespero."
Antonin Artaud

terça-feira, 25 de março de 2008

magritte


precisa-se quebrar a imagem
para perceber o que ela representa

rasgar a tela
para buscar o que foi pintado

olhar para o que é
e esquecer o que parece ser

entender o ser como ser
simplesmente
puramente
ser





.marcus
[tela - René Magritte]

2 comentários:

peixe_doce disse...

corpos... espaço e ambiente.

spºck

Gilson disse...

Bonito poema, marcus. A busca pela essencia é um caminho escorregadio. Gostoso mesmo é se entregar as coisas como elas sao. É um mensagem interessante.